Novidades Principal

HP se divide em duas empresas

hp

A gigante de tecnologia Hewlett-Packard se dividiu em duas companhias, num esforço para otimizar esforços em meio à maior crise da história do mercado de computadores. O setor de computadores pessoais e impressoras formará uma nova empresa, chamada HP Inc., e a unidade de hardware e serviços corporativos assumirá o nome de Hewlett-Packard Enterprise. A separação será concluída até 31 de outubro de 2015.

A HP foi fundada em 1939 por Bill Hewlett e Dave Packard, dois estudantes da Universidade de Stanford, na garagem de uma casa em Palo Alto, na Califórnia. Além de ser uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, a HP foi uma das companhias que impulsionaram o surgimento do Vale do Silício, nos Estados Unidos. A empresa, que começou fabricando calculadoras, se tornou a principal fabricante de PCs do mundo, mas perdeu o posto para a chinesa Lenovo, no final de 2012.

Nos últimos anos, a HP vem lutando para continuar entre os gigantes em meio a pior crise da história nas vendas de computadores. O motivo: o crescimento exponencial do uso de dispositivos móveis em todo o mundo. Atrasada, a HP tentou entrar no mercado de smartphones e tablets em 2011, com o lançamento do tablet TouchPad. Contudo, menos de dois meses após o lançamento, a empresa anunciou que descontinuaria o produto. Em 2013, decidiu apostar em tablets de baixo custo com sistema operacional Android, do Google.

De acordo com a HP, cada um dos negócios representam cerca de metade da receita e do lucro atuais da companhia. Até o final de outubro, quando se encerra o ano-fiscal de 2014, a HP deve registrar uma receita de 112 bilhões de dólares. Após a divisão, os acionistas receberão ações das duas empresas, por meio de uma transação livre de impostos. A empresa reúne mais de 300.000 funcionários em todo o mundo e já previa, em seu plano de recuperação, cortar 45.000 nos próximos anos. Com a divisão, a estimativa é de que os cortes atinjam 55.000 funcionários.

Estratégia – Segundo o comunicado divulgado pela HP, a divisão HP Inc. vai ampliar o foco para além do mercado de computadores pessoais. “Uma nova HP independente estará bem posicionada para inovar em todos os nossos mercados tradicionais, assim como ampliar nossa liderança para novos mercados, como impressão 3D e novas experiências de computação – inventando tecnologias que ajudarão as pessoas a criar, interagir e se inspirar”, disse Dion Weisler, executivo que assumirá a liderança da HP Inc. no próximo ano. O executivo, que hoje é vice-presidente da divisão de PCs e impressoras da HP, foi contratado em 2012 após deixar o cargo de diretor de operações da Lenovo.

Segundo Ranjit Atwal, diretor de pesquisas do Gartner, a HP precisa encontrar uma forma de tornar seus produtos mais lucrativos e também acelerar o crescimento das vendas, caso contrário a marca corre o risco de desaparecer dos computadores pessoais num futuro próximo. A tarefa é difícil. “A HP tem uma presença fraca no mercado móvel, que é o que mais cresce”, diz Atwal. Com a divisão, a empresa escolhe um caminho similar ao trilhado por outras empresas de tecnologia, como a IBM, marca que desapareceu dos computadores pessoais após a aquisição de sua divisão de PCs pela Lenovo, e a Nokia, fabricante de celulares que foi incorporada pela Microsoft e agora é chamada de Microsoft Devices.

Fonte: Veja

 
Posts relacionados
excel
Impressão saindo cortada no Word e/ou Excel
impressora de mão
Impressora ecológica cabe na palma da mão
aton
Linha Aton – Toner Refil e Tinta para Cartuchos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Seu Website