Impressão Recarga de toner

O que é Cartucho de Toner?

o-que-e-cartucho-de-toner-1

As impressoras a laser fazem uso de uma tecnologia diferente de impressão. Em vez de usar tintas, como acontece no processo normal das impressoras a jato de tinta, o laser faz uso de uma tinta especial em pó, o toner. O cartucho de toner é o recipiente onde essa tinta em pó é mantida, para garantir sua qualidade na hora de imprimir.
O toner é usado tanto para impressoras a laser quanto para fotocopiadoras para gerar o texto e a imagem no papel. As partículas de pó do cartucho de toner passam por um processo, que explicaremos mais adiante, sendo transferidas para o papel através de cargas magnéticas e de fricção, sendo fundidas ao papel pelo calor do rolo fusor da impressora enquanto o papel é impresso. Saiba mais sobre essa fantástica forma de impressão. Nos acompanhe e descubra o que é Cartucho de Toner!


No início, quando foi descoberto o processo, o toner era apenas pó de carbono. Com sua evolução e novas tecnologias aplicadas, hoje o carbono é misturado com um polímero, o que aumenta de forma significativa a qualidade de impressão. Esse polímero pode ser o estireno acrilato copolímero ou resina de poliéster, com partículas que podem variar entre 1 e 15 micrômetros.
A evolução evidentemente, não parou nessas partículas. Atualmente, laboratórios de pesquisas estão buscando novos métodos e tecnologias, reduzindo o tamanho das partículas, como na Emulsion-Aggregation, que vai oferecer cada vez mais uma resolução melhor para as impressões.

o-que-e-cartucho-de-toner-1
Origem do Toner

O nome da tinta em pó em partículas, toner, é proveniente do inglês de igual grafia, “toner”, significando tonalizador, embora também seja utilizado de forma errônea para designar o reservatório da tinta em pó. O reservatório, ou melhor, o cartucho de toner, é um tipo de cápsula de formato cilíndrico, que é montado numa caixa de plástico. Essa caixa pode ser removida da impressora a laser, permitindo que seja substituída rapidamente, sem perda de toner e sem sujeira.

Como-é-feita-a-impressão-com-cartucho-de-toner
Como é feita a impressão com Cartucho de Toner

As Impressoras Laser possuem um processador e a memória RAM, a memória instantânea do computador que se desfaz depois de usada. Quando você manda imprimir um documento ou uma imagem, o arquivo é carregado na memória RAM, sendo depois enviado para o processador.
O processador, por sua vez, analisa a imagem e define quais as partes que precisam do toner e quais as que vão ficar em branco no papel. Processadores, na maior parte das impressoras a laser, trabalham com uma frequência entre 200 a 300 MHz, muito acima dos chips utilizados pelas impressoras jato de tinta. Essa frequência é necessária em razão do maior número de cálculos que devem ser processados, o que faz com que a impressora a laser consuma também mais energia do que as impressoras jato de tinta.

A impressora a laser possui também um componente especial, o cilindro fotorreceptor, que é carregado com energia eletrostática. Outro componente, o fio de corona, carrega todo o cilindro fotorreceptor com carga positiva.
Utilizando as informações do processador, o canhão de laser da impressora começa a descarregar determinadas partes do cilindro fotorreceptor, usando carga negativa. Dessa forma, o cilindro fica com uma imagem formada por cargas positivas e negativas, totalmente invisível aos olhos, já que é feita com energia eletrostática.
A partir desse momento, o toner entra em cena. A tinta em pó, ou o toner, é jogada sobre o cilindro fotorreceptor. Carregado positivamente, o toner vai grudar somente nas áreas do cilindro que estiverem com carga negativa, já que cargas opostas se atraem.
Dessa maneira, a imagem, que era apenas eletrostática, ganha a camada de tinta.

impressora-puxa-papel
Depois, quando a impressora puxa o papel da bandeja, ele é carregado negativamente (vamos lembrar que a imagem está com carga negativa). Ao passar sob o cilindro fotorreceptor, o papel vai atrair as partículas do toner, que estão com carga negativa.
A esteira por onde passa o papel e o cilindro fotorreceptor funcionam à mesma velocidade e, assim, o pigmento é aplicado de forma correta ao papel. Ao mesmo tempo, a carga sobre o cilindro fotorreceptor é descarregada para que ele não possa atrair novamente o papel.
A última etapa da impressão vai envolver o fusor, um pequeno dispositivo que é aquecido a temperaturas mais altas, fazendo com que as partículas do toner possam se fundir com as moléculas do papel. Por isso o papel sai mais quente da impressora.
Em razão da velocidade de impressão, o papel não sai queimado durante o processo, situação que poderia ocorrer se a velocidade de impressão fosse mais lenta.
Este é o processo que acontece na impressora a laser a cada folha de papel impressa. Quando explicamos, parece demorado, mas tudo acontece em frações de segundo, principalmente nas impressoras mais modernas, que podem imprimir até 20 folhas por minuto.

Cartucho-de-toner-e-algumas-características
Cartucho de Toner e algumas características

Como tudo que é bom custa mais caro, a elevada qualidade de impressão a laser também faz com que a tecnologia seja mais cara. Um cartucho de toner original tem um preço muito mais elevado do que cartuchos de tinta. Dependendo do modelo da impressora e de sua marca, uma recarga com toner original pode custar 200 reais ou mais. Uma alternativa para o cartucho de toner original são os Toners compatíveis, que oferecem economia sem perder a qualidade. Os Toners compatíveis são um tipo de produto fabricado por empresas diferentes dos fabricantes de impressoras, com garantia de qualidade e compatibilidade, podendo custar 25 reais em média em alguns modelos. Lembrando que nestas situações, o Toner Compatível pode oferecer mais capacidade de impressão, sendo de alto rendimento.

rendimento-de-impressao-o-que-e-cartucho-de-toner

O rendimento do toner é calculado com base nos padrões estabelecidos pela Organização Internacional de Normalização, entidade que conhecemos pelo nome de ISO. A taxa é calculada com base na impressão de páginas A4 com até 5% de cobertura de toner e, de acordo com ela, um cartucho de toner pode imprimir entre 1000 e 2000 páginas, variando conforme o modelo e a marca.
Um detalhe importante que devemos saber sobre o toner é que o cilindro de toner não pode ser exposto à luz. A claridade pode prejudicar a qualidade da tinta e, para conservar em estoque, o local de armazenagem não deve ter excesso de luz, altas temperaturas ou umidade no ambiente.

Comprar-Toner-e-Suprimentos-de-Impressão-1
Comprar Toner e Suprimentos de Impressão

No mercado há mais de 16 anos, a Valejet é referência no segmento de suprimentos de impressão, como em Recarga de Tinta e Recarga de Toner. Oferecemos uma linha completa de Toners Compatíveis, Toners Originais, Toners Remanufaturados. Para mais autonomia nas suas impressões, na Valejet você encontra Pó de Toner para você mesmo realizar a recarga do seu cartucho, como também os demais insumos, como Chip de Toner, Cilindros, Rolo Fusor, Rolo Pressor, Lâmina de Limpeza, Lâmina Dosadora. Recursos completos contando com o melhor custo x benefício e ainda as melhores condições de pagamento.

 
Posts relacionados
produtos para sublimação
Tinta sublimática, o que é?
cilindro
Cilindros para toner, eficientes e invisíveis
scanner epson
Scanner portátil é o melhor aliado da agilidade

Deixe seu comentário