Sublimação

Mito ou Verdade: Sublimação com ferro de passar é possível?

mito-ou-verdade-sublimacao-com-ferro-de-passar-e-possivel

A sublimação é um trabalho de estamparia que permite inúmeras possibilidades de criação de imagens em objetos resinados e tecidos. Atualmente, essa atividade vem atraindo cada vez mais pessoas em busca de uma renda extra ou como forma de trabalho autônomo, sem depender de um emprego fixo para contribuir a renda.
Claro que, para conseguir bons resultados com a Sublimação, é necessário o investimento em um trabalho de sublimação com muita qualidade, que seja aceito pelos consumidores, atendendo suas necessidades. Para chegar a isso, é importante que você utilize um processo com equipamentos adequados e principalmente, apropriados que trarão a qualidade da estampa, nas imagens e cores do foto produto.

Alguns dilemas surgem para quem está começando e precisa “testar” se o ramo realmente pode ser lucrativo. Eles optam por estampar utilizando o ferro de passar roupa tradicional por acreditarem que traz o mesmo resultado e efeito no processo de transferência de imagem. Mito ou Verdade: Sublimação com ferro de passar é possível?

Como-é-o-processo-de-Sublimação
Como é o processo de Sublimação

Porém, antes de sabermos se Sublimação com ferro de passar é possível, é preciso entender exatamente como funciona todo o processo.
A sublimação é um trabalho que, além do tempo, exige temperatura adequada e força de prensagem, sem falar, evidentemente, na criatividade para que você tenha um trabalho final de qualidade, para edição das imagens e adaptação para impressão em alta qualidade.
O processo de sublimação, em si, é bastante simples: trata-se da transferência de uma imagem feita com tinta sublimática impressa em papel especial, que se torna sólida e, a uma temperatura elevada, se transforma de sólido diretamente em gás, sem passar pelo estado líquido. A Tinta Sublimática também é um produto especial, muito diferente das tintas utilizadas para impressões diárias ou comuns, como a pigmentada e a corante.
Nesse processo, os pigmentos da tinta ficam colados nos materiais preparados com resina para sublimação e materiais sintéticos, como tecidos de poliéster, entre outros. Para isso, é preciso usar o papel correto: Papel para Sublimação Resinado Fundo Azul, Fundo Branco ou Fundo Rosa.

Há ainda o papel light que é utilizado para sublimação em tecidos brancos e o dark para tecidos escuros ou coloridos, além de jeans, por exemplo. A diferença entre a utilização do papel é exatamente porque o papel light transfere a cor branca para o tecido e o dark não faz essa transferência. Assim, se você for imprimir uma camiseta branca, a cor branca não precisa ser impressa, uma vez que o tecido já tem essa cor.
O papel dark, usado para tecidos que não são brancos, oferecem a qualidade necessária para a sublimação em tecidos coloridos, o que justifica que tenha o dobro do custo do papel light.

Se você vai trabalhar com sublimação, é preciso escolher entre estes tipos de papéis, embora existam papéis dos mais diversificados para cada tipo de trabalho de sublimação.

o-que-e-sublimacao-em-tecido

Veja como deve ser feita a técnica de Sublimação

Se você vai utilizar a sublimação numa camiseta de poliéster, que é compatível para a personalização pelo sistema de sublimação, é preciso que você trabalhe com uma temperatura igual ou próxima a 200°C, com um tempo próximo de 20 segundos e aplicando uma prensagem de média a forte.
Veja que estamos falando em poliéster. Se o tecido for diferente, você deve usar a temperatura adequada, com a força de prensagem necessária, verificando o que foi sugerido pelo fornecedor do produto de sublimação.
O cuidado principal com relação à técnica de sublimação é ter paciência. Assim, por exemplo, é preciso esperar que a estampa esfrie o suficiente depois de aplicada num lado de uma camiseta antes de fazer a aplicação no outro lado, para evitar que o desenho fique grudado na superfície onde o tecido está colocado em razão da temperatura elevada.
Em todos os trabalhos de sublimação que você fizer, deve ter esse cuidado, além de manter o controle de temperatura e da força de prensagem, o que vai exigir que você tenha equipamentos que possam garantir esse controle para manter a qualidade de seu trabalho.

mito-ou-verdade-sublimacao-com-ferro-de-passar-e-possivel-2
Sublimação com ferro de passar é possível?

De uma forma geral, os ferros de passar roupas disponíveis no mercado e que são usados para o seu fim determinado, ou seja, passar roupas, são equipamentos bastante simples, não oferecendo maior controle da temperatura.
Além disso, grande parte dos modelos de ferro de passar são a vapor, servindo para alinhar a trama do tecido e facilitar o trabalho do consumidor ao passar roupas, tendo ainda uma área de aquecimento bastante pequena, o que pode dificultar o processo de sublimação numa camiseta, por exemplo, ao usar uma estampa impressa em papel sublimático no formato A4.
Para fazer a sublimação, você vai precisar fixar o papel sublimático na camiseta e deverá passar várias vezes o ferro de passar roupas em toda a área do papel com a estampa impressa, aquecendo de forma igual para ativar o processo de sublimação, permitindo que a tinta seja transferida para a camiseta por completo.
Percebe como é complicado?

A Sublimação com ferro de passar é possível, porém o trabalho final não ficará completo, já que você não vai conseguir manter a temperatura adequada para que a tinta se transforme diretamente em gás, passando para o tecido, ou seja, não obtém temperatura, tempo e pressão constante suficiente para realizar a transferência para o substrato, no caso, a camiseta.
Veja que, além disso, pelo fato de ser uma área muito pequena de aquecimento, você vai precisar passar o ferro inúmeras vezes sobre o papel, correndo o risco de movimentar tanto o papel quanto a camiseta, criando falhas no processo.
Portanto, como você pode perceber, usar o ferro de passar roupas na sublimação é algo que não vai garantir uma boa qualidade no seu trabalho final, não sendo recomendado, salvo o uso apenas para confecção de foto produtos sem uso comercial ou apenas para testar o resultado de uma estampa e entender como o processo funciona.
Para ter um trabalho de qualidade, você precisa usar equipamentos específicos, como uma Prensa Térmica Plana, garantindo uma área maior de aplicação, melhor controle da temperatura e a força necessária de prensagem, podendo, assim, oferecer produtos de qualidade e beleza.

 mito-ou-verdade-sublimacao-com-ferro-de-passar-e-possivel-3

Comprar Materiais para Sublimação

O equipamento ideal para Sublimação é a Prensa Térmica, uma Máquina de Estampar que oferece área de prensagem ideal para estampar objetos de 38cm x 38cm e até maiores com as Prensas Térmicas 40cm x 60cm, a Prensa Térmica Sublimática oferece a possibilidade de configuração de tempo, temperatura e pressão, os 3 pilares para um resultado profissional na estamparia.

A Valejet.com oferece a você um setor especializado em produtos para sublimação. Todos os nossos produtos pertencem às marcas mais reconhecidas do mercado, com as melhores condições de pagamento, parcelamento sem juros e descontos à vista. Venha conhecer nossos produtos e, se tiver alguma dúvida, entre em contato com a Valejet.com: estamos sempre disponíveis para oferecer o melhor atendimento com compra rápida e segura.

 
Posts relacionados
tinta-qualy-ink-e-boa-saiba-como-escolher-a-tinta-para-impressora-correta-e-onde-comprar-1
Tinta Qualy Ink é boa, saiba como escolher a Tinta para Impressora Correta e onde comprar
saiba-mais-sobre-a-resina-para-sublimacao-ceramica-bi-componente-genesis-rs-1010-900ml
Saiba tudo sobre a Resina para Sublimação em Cerâmica Bi Componente Gênesis RS.1010
o-que-sao-tintas-de-serigrafia-silk-screen
O que são Tintas de Serigrafia (Silk Screen)?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Seu Website