Dicas Epson Impressão

Bulk Ink vale a pena? Saiba como economizar tinta nas impressões!

bulk-ink-vale-a-pena

O sistema bulk ink chegou ao Brasil por volta de 2013, tendo sido implantado com o objetivo de adaptar o sistema ao consumo nacional. A primeira empresa a se envolver com esse tipo de impressão foi a BS Tintas, fazendo adaptações na C63 da Epson, com um suporte de acrílico que permitia a utilização de quatro garrafinhas com 30 mil cada uma para que a impressora mantivesse sua estética.

A preocupação, nessa época, era oferecer maior economia nas impressões, analisando se o sistema bulk ink poderia se tornar uma melhor opção, principalmente para usuários que precisavam de maior volume de impressão. Desta maneira, foram feitos inúmeros testes com tintas e com materiais que ainda eram importados, já que nada semelhante estava sendo produzido no Brasil.

O sistema definitivo de bulk ink foi adotado com a instalação de fracos de 30 ml para as impressoras Epson e de 100 ml para os modelos da HP, utilizando mangueiras flat especiais, bem como cartuchos originais da própria marca e resinas industriais específicas para a adaptação.

O sistema bulk ink funciona com perfeição?

Durante todos esses anos, o sistema bulk ink demonstrou que tem um perfeito funcionamento, oferecendo economia de até 130% a partir da sua instalação, tornando a impressão muito mais barata do que com cartuchos de tinta.

Se falarmos em valores, podemos tomar como exemplo uma impressora R220 da Epson, que custa, em média, R$ 650,00. O sistema completo com tinta americana original custa em média R$ 370,00, com os conhecidos chips full. No total, o usuário terá um custo de R$ 1.020,00.

Com um sistema desse modelo instalado na impressora, o usuário terá tinta necessária para praticamente 4 jogos de cartuchos originais, chegando a um valor de R$ 1.320,00 em média. No entanto, assim que o sistema estiver instalado na impressora o usuário já estará recebendo o retorno do valor equivalente em tinta, o que oferece praticamente um bônus de R$ 300,00.

Podemos observar, em seguida, que o usuário, para fazer a reposição, deve gastar em torno de R$ 30,00 pelo jogo completo de tintas, ou seja, R$ 5,00 por cada 30 ml, o que leva à conclusão de que vai pagar esse valor por um jogo de tinta equivalente a 24 cartuchos originais.

É importante o usuário saber que, no caso de instalar o sistema bulk ink em uma impressora padrão, que utiliza cartuchos normais, ela perde a garantia. No entanto, se procurar uma empresa séria, o sistema será instalado sem qualquer prejuízo. Havendo necessidade de levar a impressora para a assistência técnica, basta solicitar sua retirada e retornar ao sistema original.

Esse alerta é necessário, já que a Epson ainda não adotou totalmente o sistema bulk ink em toda sua linha de impressoras, principalmente por razões comerciais, ou seja, o maior lucro da empresa está justamente na venda de cartuchos originais.

O usuário também deve saber que, depois de o sistema bulk ink instalado, a impressora poderá não apresentar a mesma qualidade de impressão, uma vez que a pressão da tinta nas mangueiras será menor do que com os cartuchos originais. No entanto, basta imprimir com a qualidade “Foto”, podendo ter a mesma qualidade de uma impressão original.

Mesmo imprimindo com a qualidade “Foto”, que exige maior quantidade de tinta, o usuário terá economia, gerada pelo valor da tinta, que é muito mais barata a granel do que quando utilizada em cartuchos.

É evidente que, nesse caso, o usuário deve comprar tinta de qualidade, não comprando aquelas de menor preço. Quando se trata de economia e qualidade, é necessário aliar as duas coisas. Mas, na comparação do preço dos cartuchos com a tinta adquirida para o sistema bulk ink, é fácil perceber que, mesmo comprando uma tinta mais cara, a economia continua sendo bastante perceptível.

Entendendo melhor o sistema bulk ink

O sistema bulk ink substitui os cartuchos originais de impressoras jato de tinta, podendo ser adaptado em alguns modelos de impressoras que não vêm com o sistema instalado de fábrica.

Como se trata de um sistema contínuo, o bulk ink oferece reservatórios maiores, podendo chegar a cerca de 100 ml de cada cor, sendo preenchidos através de pequenas garrafas, sem a necessidade de seringas. O sistema é conectado às cabeças de impressão através de pequenas mangueiras.

Com relação à Epson, existe uma linha de impressoras com o sistema bulk ink instalado de fábrica, com tanques externos ligados à impressora através de uma tubulação flexível, alimentados por tinta distribuídas em frascos de 70 mil, trazendo também uma sensível economia.

Nas impressoras Epson, o sistema bulk ink se mostra vantajoso, uma vez que a impressora foi especialmente desenvolvida para esse tipo de impressão, tendo, inclusive, garantia de fábrica, utilizando o refil de tinta Epson T664, que oferece maior economia em razão da redução de recargas e compra de suprimentos, como os cartuchos de tinta e os acessórios de carga (seringas, snap fil e outros). O primeiro modelo de impressora multifuncional com o sistema bulk ink lançado pela Epson foi o Ecotank L200.

Desvantagens do sistema bulk ink

Devemos alertar para o fato de que o sistema bulk ink também apresenta algumas desvantagens e a principal delas é que o usuário não pode fazer uso da opção “Rascunho”, se pretende economizar ainda mais tinta ou imprimir com maior rapidez.

O sistema bulk ink de impressão oferece as opções de qualidade de impressão para texto e imagem ou para foto, mas o processo de impressão se torna mais lento, mesmo que a qualidade seja maior.

Além disso, é preciso atenção com alguns sistemas que são mais difíceis de serem instalados, exigindo a desmontagem de partes da impressora, o que pode causar vazamentos por conta de mangueiras quebradas ou danos nos reservatórios.

Lembramos ainda que o sistema bulk ink é recomendável para quem precisa imprimir acima de 10 páginas diárias. É preciso também prestar atenção às tintas, principalmente quando são de menor qualidade, já que podem entupir as cabeças de impressão, além de prejudicar peças da impressora.

Por isso, se o usuário estiver usando o sistema bulk ink, deve comprar tintas de lojas que ofereçam produtos de qualidade, com procedência reconhecida.

Tintas para o sistema bulk ink na Valejet.com

Se você precisar de tintas para o sistema bulk ink, acesse nosso site e conheça as tintas para os principais modelos, como as tintas para Epson L200, L355, L375, L365, L455, L565, L220 e outros.

Havendo qualquer dúvida sobre a melhor tinta a ser utilizada, consulte nossa equipe. Estamos disponíveis para prestar todas as informações necessárias, garantindo um trabalho de impressão com a máxima qualidade.

 
Posts relacionados
Vídeo Recarga do Toner Brother 420 | 450
laminas
Lâminas de Limpeza para Toner
cameras de segurança
Câmeras de Segurança: Novidades Existentes no Mercado

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Seu Website